segunda-feira, 13 de julho de 2009

Amigos como o Papai Noel


Saber ter amigos é uma tarefa difícil, é preciso cuidá-los, acariciá-los, cultivá-los e principalmente entendê-los. Chega uma época da vida em que nos damos conta de que os amigos, na verdade não existem. Os que nos cercam são apenas pessoas preocupadas demais com o seu bem-estar e seu ego, a ponto de sacrificar algum tempo, ou pior, algum dinheiro, em prol da sua felicidade.
Na maioria, os amigos sempre esperam algo em troca. Como um investimento. Entretanto muitos não entendem que como qualquer investimento, o retorno é improvável.
Chego muitas vezes a me perguntar: "Amigos realmente existem?"

Para as crianças, o bom velhinho de coração doce e poder financeiro ilimitado é um exemplo de um ser que zela pela felicidade, porém, ele só existe para quem acredita.

Amigos são fiéis criaturas, cuja distância não separa ou esfria, cujas lembranças jamais se perderão...mas, até que circunstâncias os amigos realmente existem? (Ou sobrevivem).



0 comentários: