segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Estereótipo do cabelo liso


Tento imaginar como seria o mundo hoje sem as benditas escovas progressivas, marroquinas, inglesas, francesas, amerinacas, japonesas, etc...
Hoje em dia não existem mais cabelos naturais, atire a primeira pedra quem não tem nenhum tipo de química no cabelo.

Desde sempre eu jamais tive problemas com o meu cabelo, ele era indefinidamente liso com cachos na ponta, sempre bem comprido. Lembro-me muitas vezes de minhas tias tirando 'onda' com o meu cabelo. Isso mesmo, naquelas discussões de 'quem tinha o cabelo melhor', eu distraída, como sempre e com meu rabo de cavalo, sempre ouvia de longe: "Carool, vem cá....agora solta o cabelo" e todas "Nossaaa, q lindo".

Juro pra vocês, nunca achei nada de 'lindooo' no meu cabelo, era fato de que até os 5 anos, minha mãe precisava me obrigar a lavar a cabeça, pois a preguiça de esperar o cabelo secar era maior do q a vontade de ter cabelos cheirosos e sedosos. Hoje, creio eu, o que chamava mais atenção no meu cabelo era o fato de que ele era bem comprido e naturalmente brilhoso.

Aos 16 anos eu tive a infeliz idéia de pintar os cabelos de vermelho...isso mesmo, virei uma 'super-ruiva'...mas sempre inovando, já tive o cabelo cereja com duas mechas rosa 'sorvete de morango' bem acima da testa. Já fiquei loira, cabelos negros como a 'Mortícia' (até me apelidaram, na época).

Hoje descobri que a melhor opção é deixar o cabelo natural, como Deus criou...mas quem disse que é fácil. Após uma overdose de química durante anos....hoje minha melhor aliada é a 'escovinha básica', tá certo, não pinto mais nem denomido o que está no meu cabelo hoje.

Mas fala sério, depois de ler toda a história do meu cabelo, o que vem em mente, fala sério.
"Quer saber, vá ler um livro"

terça-feira, 18 de agosto de 2009

Será mera coincidência?

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Se você for inteligente responda

*Como se escreve zero em algarismos romanos???

* Por que os Flintstones comemoravam o Natal se eles viviam numa época antes de Cristo??

* Por que os filmes de batalha espaciais tem explosões tão barulhentas, se o som não se propaga no vácuo???

* Se depois do banho estamos limpos porque lavamos a toalha???

* Como é que a gente sabe que a carne de chester é de chester se nunca ninguém viu um chester??? (vc já viu um chester? )

* Por que quando aparece no computador a frase 'Teclado Não Instalado', o fabricante pede p/ apertar qualquer tecla???

* Se os homens são todos iguais, por que as mulheres escolhem tanto???

* Por que a palavra 'Grande' é menor do que a palavra Pequeno'???

* Por que 'Separado' se escreve tudo junto e 'Tudo junto' se escreve separado???

* Se o vinho é líquido, como pode existir vinho seco???

* Por que as luas dos outros planetas tem nome, mas a nossa é chamada só de lua???

* Por que quando a gente liga p/ um número errado nunca dá ocupado???

* Por que as pessoas apertam o controle remoto com mais força, quando a pilha está fraca???

* O instituto que emite os certificados de qualidade ISO 9002, tem qualidade certificada por quem???

* Quando inventaram o relógio, como sabiam que horas eram, para poder acertá-lo???

* Se a ciência consegue desvendar até os mistérios do DNA, porque ninguém descobriu ainda a fórmula da Coca-Cola???

*Como foi que a placa 'É Proibido Pisar na Grama' foi colocada lá???

* Por que quando alguém nos pede que ajudemos a procurar um objeto perdido, temos a mania de perguntar: 'Onde foi que você perdeu?'

* Por que tem gente que acorda os outros para perguntar se estavam dormindo???

* Se o Pato Donald não usa calças, por que ele amarra uma toalha na cintura quando sai do banho???

Enviado por e-mail...

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Cara de Toncha...


Não há nada pior do que passear pelo shopping com uma amiga e ver chegar aquela criatura que estudou com ela há 100 anos atrás...você fica com cara de 'toncha' e hiper sem graça, esperando ansiosamente que as recordações do passado levantadas juntamente com risadas forçadas terminem de uma vez. Isso quando o clima não piora q surge um convite "Quer nos acompanhar?"...e pro nosso azar, a 'sem noção' sempre aceita.

Aii um belo chá de "Se Mancol"!!!!!!!!!!!!!


O ardor do passado


Quando a felicidade é perdida por palavras não ditas ou quando as dúvidas rondam a mente eternamente... Não há secredo para a felicidade, mas por experiência própria, há sempre uma aliada: a sinceridade.

Aprendi a não ter medo de falar sobre os mais diversos e perigosos assuntos, mentir pra quê? Um amigo me disse ontem que "as pessoas ficam com você pelo que você é, não pelo que você fez". É interessante como precisamos rondar o mundo e viver tantas experiências pra chegar em uma conclusão tão simples.

O passado para muitos é corroedor, para outros, é descartável. E muita gente ainda se gruda nele, como uma forma de amenizar os sofrimentos e possíveis decepções que virão e que são, de certa forma, necessárias para a formação do caráter. Uma amiga me disse certa vez: "Exceto o Curipira, o homem não foi feito para andar para trás", e para efeito de esclarecimento, este ser é uma lenda.

Descobri que não há como mudar os erros do passado, o príncipe que eu idealizei por tantos anos nada mais é do que um homem comum, com desejos canalhas de qualquer criatura humana e com um órgão sexual externo.

Nem sempre podemos prever o que virá, mas é bom saber aproveitar cada momento, cada instante, e viver um amor inédito. Por isso, percebi o quanto é injusto culpar alguém pelo passado, ou penalizá-lo por atos impensados.

Mas entendam, para que o passado seja realmente superado, o sinal é que se possa falar livremente sobre ele. Caso isto não ocorra, é porque ainda há alguma marca, algum vestígio bom ou ruim, que precisa ser superado.

É muito bom esquecer, e melhor ainda deixar tudo em 'pratos limpos'. Para seguir uma etapa, é preciso concluir a anterior, e assim por diante.

Eu quero seguir, andar por lugares mais altos (literalmente...rs) e viver sem ter medo de sofrer. A lembrança do presente é sempre melhor do que a do passado. Nada como a felicidade para destruir o ardor do passado, bem, ao menos quando este não está à todo vapor.

Mas este não é o caso...


terça-feira, 11 de agosto de 2009

Vitórias



Para surgir a beleza da borboleta, é necessário passar pelo casulo, quente e escuro, solitário. Quando admiramos a borboleta, não temos noção do passado dela, de quanto aquela criatura foi nogenta, rastejando pelos troncos das árvores e queimando qualquer criatura que encontasse nela.

Quando admiramos a beleza da águia, não conseguimos visualizar as fases pela qual esta ave passa, para se tornar este objeto de admiração. Quando chega a certo tempo, a água voa para a montanha mais alta que conseguir e se esconde em uma lasca para se esconder. Ela fica mais frágil que um filhote, bate o bico nas pedras até dilascerar toda a casca e arrancar o bico, espera nascer o novo bico e com ele, novamente suportando a dor, arranca as velhas unhas. Quando nascem as novas unhas, elas arranca as velhas penas. Após cinco meses, com novas asas, ela se lança no vôo da vitória e renovação, e viverá no total 70 anos.

Apesar de todas as fases que passei na minha vida, Deus tem sido fiel...e somente Ele vai me permitir voar mais alto e enchergar longe.

"E disse-me: A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza. De boa vontade, pois, me gloriarei nas minhas fraquezas, para que em mim habite o poder de Cristo". II Coríntios 12:9

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Coração dilascerado ou de Pedra


Devo adiatar aos leitores que esta postagem é extremamente 'EMO'...

Sou um tipo de pessoa que se apaixona fácil, juro, quando estou carente, basta uns elogios e atuações de sinceridade e pronto, já acordo e durmo pensando na pessoa. Assim aconteceu com a maioria dos namorados que eu tive, e com o atual, bem...não foi diferente.

Recentemente eu havia sofrido uma decepção por um rapaz que surgiu sem precedentes e desapareceu sem deixar vestídios. Não me refiro à uma fuga física, mas ele realmente matou minhas esperanças de que ele fosse um homem com caráter.

Em seguida, me apaixonei pela figura amena do irmão de uma amiga...bem, nunca trocamos mais do que duas palavras ou dois depoimentos (secretos), mas ele me encantava como um ator de cinema encanta uma garotinha de 12 anos. Eu estava fascinada e disposta a me doar pelo príncipe que ele parecia ser. Bem...o 'Goiabão', como eu o chamava não durou muito tempo.

Pouco tempo depois, voltei a ter contato com o meu atual, que por consequência, enche meu celular de ligações e orkut de recados todos os dias. Não estou reclamando não, ele é ótimo pra mim.

Mas até onde isso vai? Um relacionamento pode durar?
Tenho dúvidas quanto a isso, e muitas vezes, vontade de arriscar mais minha vida, sair sem rumo em busca de algo parecido com o q eu sonhei minha vida inteira. Por incrível que pareça, não tenho esta definição, mas viver conforme a maré, na maioria das vezes, causa náuseas.

Muitas pessoas reclamam da rotina, mas pra mim, a rotina ou como o próprio nome pré-diz, o ritual, é prazeroso e drástico, ao mesmo tempo.

Meus sonhos são simples, e como uma amiga me disse uma vez, são essenciais. Não é preciso lutar muito para que eu seja feliz...minhas necessidades são óbvias e eu não aguento mais o marasmo de novidades boas e ruins, que oscilam ao redor de minha vida e existência unicamente sonhadora.

Qual das opções são melhores: Um coração dilascerado ou um coração de pedra?
Se um dia alguém tiver esta resposta de forma convicta, por favor, me avisem.