sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

O Jardim Secreto



Durante toda a minha infância, eu sempre me apegava a algum filme, e fazia o VHS (faz tempo...) praticamente destruir a fita de tanto que eu assistia. Era uma, duas, três...já cheguei a ver sete vezes o mesmo filme. Ou seja, um dia inteiro SÓ na frente da TV.

Um desses filmes escolhidos para encher a paciência dos meus familiares foi "'The Secret Gardem" ou "O Jardim Secreto". Desde a primeira vez que eu assisti o filme, me encantei. A intensidade da Mary Lenox, a protagonista da história, me causava um tipo de admiração incrível, e apesar de não termos nada a ver, eu entendia exatamente tudo o que a personagem sentia. Eu chorava e ria cada vez que eu assistia. 

Na época, eu deveria ter uns 10, 11 anos e de tanto ver o filme, me inspirei pra criar um jardim aqui em casa. Como vocês devem imaginar, não durou muito tempo e as minhas 3 mudas de flores (roubadas dos vizinhos) que foram plantadas no meu quintal murcharam e eu acabei esquecendo do meu jardim. 

Viajando sem querer pelo Google, encontrei uma referência sobre o livro. Só para constar, eu nunca cheguei a ler o livro e essa agora é uma meta que pretendo cumprir em breve. Depois de uma sessão nostalgia, decidi compartilhar com meus leitores essa experiência que me causa recordações tão boas. 

Para complementar, deixo para vocês um resumo com trechos do filme:

0 comentários: