segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

A última do meu avô




Estava eu no meu computador e o meu avô cochilando na cama ao lado. Foi quando um vizinho chegou aqui em casa procurando a minha mãe. Eu disse que ela tinha saído. Meu avô, é claro, com as inúmeras manias de velho, entre elas, fingir que não escuta (será mesmo?) e reclamar de tudo, mandou uma assim:


Vô: -"Ai, eu não consigo dormir direito. Se eu escutar um barulhinho ou alguém falando mais alto eu acordo e demoro a dormir de novo!"
EU: - "Ah é, vô, então porque nós sempre temos que berrar as coisas para o senhor escutar???"

Vô: - "Hein?????"

2 comentários:

Luma Beatriz Peril disse...

ah, esses posts do seu vô são hilários...

Se vc conhecesse o meu avô nunca que ia desgrudar do seu, kkk

beeijo

isabela disse...

HAHAHAHAHA, didico é o melhor o/