quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Não, cacete!!


Este post já foi narrado por várias vezes pra diversas pessoas, e eu não acredito que ainda não compartilhei ele com vocês. Lá vai...certa vez eu e duas amigas (Rafaella e Bruna), íamos para algum lugar que não me recordo. Nos encontramos no terminal e a Bruna teve uma súbita vontade de comer batatas fritas do Mc Donald's. Fomos pra fila e estávamos conversando, certamente falando mal de alguém, quando chegou uma daquelas criancinhas que rodeiam o Bay Market pedindo pra você comprar bala. 
O papo estava ótimo, e então, começou...
Criança suja: "-Moça, compra pra me ajudar?"
Bruna: "Não tenho dinheiro trocado"

A capetinha ficou nos cercando. Era eu quem contava a fofoca, quando mais uma vez...

Criança suja: "-Moça, você pode comprar agora?"
Bruna: "-Não dá, eu ainda vou trocar o dinheiro".

A criança foi, voltou, rodou. Bruna comprou as batatas e começou a come-las. Então...a criatuta voltou.

Criança suja: "-Moça, compra umazinha só, só pra me ajudar?"
Bruna: "-Não vou querer não..."

Papo vai, papo vem...e a peste decide insistir:
Criança suja: "Ah, por favor moça, eu só..."
EU (Carol): "NÃO CACEETEEE!! ELA NÃO-VAI-COM-PRAR!!"

Criança suja: "Ah nanana (algo que eu não entendi) cacete, o c#&*$#@* no seu cacete" . E saiu.

Comentários das amigas:
"Ah Carol, que maldade..."
"Você é louca, vai que ela chama a gangue e sai aquela cabeçada de trás do terminal..."
"Ela estava enchendo o saco mesmo"

Tempo para a crise de riso e com certeza, o "Não, cacete!" foi o assunto do dia. Fato!

2 comentários:

Bruna disse...

Só esqueceu de comentar que ela queria uma das minhas pulseiras... rsrsrs
O "Não, cacete!!!" da Carol é a frase que todos tem vontade de falar, mas poucos tem coragem! Pq se não pode se dar mal depois com a gangue do pestinha... hauhauiaa
"Não, cacete!!!" ficou pra história!

Rafaella disse...

Dia histórico!
E saimos de lá, em direção ao Terminal, uma grudada na outra.. "correndinho", com medo da guangue!

Bruna tem razão: esqueceu do detalhe da pulseira.
- "Mi" dá uma pulseira aí..
- Não. Não posso.
- Seu namorado que "ti" deu, né?

Rafa diz: "Você é louca, vai que ela chama a gangue e sai aquela cabeçada de trás do terminal..."