sábado, 20 de junho de 2015

Conceitos líquidos


     

   Já faz muito tempo que não posto nada aqui. Nossa, como as coisas mudam! Fico relendo meus posts daqui e vendo como a mente humana é traiçoeira e como os conceitos são, na verdade, mais líquidos do que o refrigerante responsável pela herança de celulites que arrecadamos ao longo dos anos.
        Cada fase em que passamos na vida, temos a sensação de que "vencemos" uma etapa, cheguei à conclusão de que essa é uma tremenda e falsa sensação de estabilidade. Nada é concreto de verdade. Terminamos uma faculdade e arrumamos um emprego, somos promovidos e ufa, somos considerados 'bem resolvidos' na vida. Oras, isso não existe.
        Há alguns meses eu estive lendo alguns artigos sobre a ascensão da geração Y com relação à anterior, ou seja, como 'evoluímos' profissionalmente com relação aos nossos pais. Obviamente esta não é uma regra geral, existe uma grande parcela desta geração que veio continuar um legado profissional, mas não é dela que estou falando aqui. Nesses artigos houve uma questão em comum:"O quanto vale se trabalhar e estudar e fazer por merecer o esforço dos pais para, no fim, ver seus filhos sendo criados por avós e seu tempo para desfrutar dos frutos financeiros do trabalho cada vez mais reduzido?" Ou seja, trabalhamos para sermos 'melhores' e darmos orgulho para os nossos pais, mas perdemos os primeiros passos de nossos filhos, a primeira palavra, a primeira ida ao banheiro, entre outras coisas que tivemos com nossos pais, mesmo que em condições consideradas financeiramente inferiores. Onde está o valor em tudo isso?
       Olho para a situação política e financeira do país e me questiono sobre esse status ser ou não relacionado à essa geração que cria um foco, mas não pensa. Temos facilidades de pensar e pesquisar sobre política, mas é um assunto 'chato'. Nossas opiniões são moldadas com o nosso meio. Nada de errado nisso, muito menos em mudar de opinião, pelo contrário, cada vez mais eu admiro pessoas que o fazem. O mundo é feito de conceitos líquidos e mutáveis. Oremos para que ao menos alguns dos princípios éticos e morais se mantenham pelo máximo de tempo possível...

0 comentários: